pesquise no blog

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Oficina "Inomináveis Modos de Criação" com Diogo Liberano



Inomináveis Modos de Criação
Oficina com o diretor e dramaturgo Diogo Liberano
Para artistas e interessadxs em processos de criação teatral

Participando das comemorações de 10 anos da companhia carioca Teatro Inominável, nos sábados 04, 11 e 18 de maio de 2019, sempre de 14h às 17h, na Casa Rio,  um espaço da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa/FUNARJ, o diretor e dramaturgo Diogo Liberano ministrará a oficina "Inomináveis Modos de Criação", para pessoas interessadas em processos de criação teatral. Durante os três encontros, serão compartilhados e experimentados alguns procedimentos utilizados durante o processo criativo de trabalhos específicos da companhia: “Vazio é o que não falta, Miranda” (2010), “Sinfonia Sonho” (2011) e “O Narrador” (2014).

A partir de “Miranda”, serão estudados e praticados dois procedimentos de criação: profanação aleautoria.

Profanação enquanto uma prática que visa liberar o uso e a relação com o texto teatral para outras possibilidades que não apenas aquelas que julgamos já serem determinadas pelo próprio texto. Aleautoria enquanto outra prática que possibilita a aparição e a inserção de escritas no tecido da criação que surgem de modo aleatório e provocam um enérgico e profundo embate com a intencionalidade e autoria-autoridade do artista.

A partir de “Sinfonia” (2011), serão estudados e praticados dois procedimentos de criação: composição dramatorgia.

Composição enquanto um modo específico para combinar ingredientes diversos, gerando uma cena afetada por distintos pontos de vista e sustentada pela subjetividade de seu(sua) criador(a). Dramatorgia enquanto um modo de ler e compor a cena teatral articulando de maneira interdependente as diversas matérias de sua composição: palavra, gesto, ação, movimento e, sobretudo, o espectador e a sua leitura.

A partir de “O Narrador” (2014), serão estudados e praticados dois procedimentos de criação: experiência precariedade.

Sendo experiência a possibilidade de que algo nos aconteça ou nos toque, pensar a cena como experiência é revigorar os propósitos de uma criação artística para que ela se torne, por fim, um espaço de acontecimentos tanto para o artista como para o espectador. Precariedade enquanto força poética e política da criação artística para atualizar o automatismo de nossos modos de fazer por meio de dinâmicas que revigoram experimentações criativas, relacionais e de produção.

Serão oferecidos diplomas de participação para aquelxs que participarem integralmente dos três encontros, bem como entre um sábado e outro serão compartilhadas leituras a respeito dos temas que serão estudados e praticados nos dias de oficina.

O valor para inscrição na oficina é de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) e a inscrição poderá ser feita até a sexta-feira 03 de maio de 2019 pelo e-mail teatroinominavel@gmail.com. Mais informações pelo telefone: 21 998299119.

Um comentário: